O Comité KeysMyCrops’ celebra a sua reunião de arranque

  • O projeto centra a estratégia da COMPO EXPERT num maior conhecimento das culturas
  • A equipa reuniu-se em Beja (Portugal) para o seu primeiro workshop sobre gestão das culturas

O projeto da COMPO EXPERT ‘KeysMyCrops’ celebrou no passado mês, em Beja (Portugal), a sua primeira reunião de equipa de projeto, e conta com participantes de Espanha, Itália, França e Grécia.

 ‘KeysMyCrops’ reflete a mudança de paradigma na estratégia da COMPO EXPERT, de uma empresa centrada na sua linha de produtos para um enfoque num maior conhecimento das culturas, de forma a levar as melhores soluções ao agricultor/produtor final e na partilha de informação relevante sobre as culturas entre zonas geográficas semelhantes.

O que esta nova abordagem procura não é mais do que o desenvolvimento de conhecimento e de ferramentas necessárias para apoiar métodos de produção mais eficientes, de forma a obter produtos saudáveis e saborosos que contribuam, ao mesmo tempo, para um bem-estar económico, social e ambiental. Da mesma forma, o projeto também tem como objetivo melhorar a transferência de conhecimento entre agentes de diferentes países e otimizar a colaboração entre os mercados e a gestão internacional de produtos.

A partir de agora, a estratégia será baseada na abordagem da solução dos problemas que são desafios fundamentais para a agricultura atual e futura. Concentrando-nos nestas culturas objetivas, ajudará a entender melhor as necessidades dos produtores e promovermos não só a linha de produtos, mas também soluções especificas para as culturas.

A equipa de profissionais da COMPO EXPERT, especializados na gestão das culturas objetivas, terá um papel importante na transferência dos conhecimentos técnicos, de forma a que a empresa se posicione como referência na sua nova abordagem.

Esta reorientação estratégica iniciou-se sob a direção de Panos Chamakiotis, diretor regional da EMEA, e foram indicados Crop Managers a nível regional, para desenvolver a estratégia das culturas objetivas em 5 grandes segmentos: hortícolas, frutas, extensivos, áreas verdes e viveiros.