“Qualidade, confiança e técnica, aspetos chave para o êxito de uma fertilização ecológica”

Relembramos a intervenção de Javier Vázquez, R&D Manager (Especialista em Fertirrigação e Orgânicos) da COMPO EXPERT, no encontro de Business Agro Ecológico do e-commerce Agrário.

Javier Vázquez, R&D Manager da COMPO EXPERT, deixou clara a necessidade de “conhecer as condições e o perfil do solo como um passo que se deve dar previamente em qualquer cultura, ver como é a integração da matéria orgânica e também saber o tipo de cultura, se é intensiva ou não. Todos estes aspetos são fundamentais para alcançar uma boa fertilização ecológica”.

Concluindo, ele destacou os prazos aos quais a produção orgânica deve ser adaptada, que são maiores do que na produção convencional e reiterou que esses prazos são essenciais para o produto final. "Não só é preciso analisar custos e prazos, mas também o retorno".

CONCLUSÕES

  • O consumo de orgânicos não é uma moda passageira, vem aumentando há anos, embora os números ainda sejam baixos em comparação com o resto da Europa.
  • É necessário existir formação e conhecer o campo e usar as diferentes ferramentas existentes para combater pragas e doenças.
  • É necessário ter uma visão mais transversal deste sector, não apenas para valorizar o sistema de produção, se não se tiver em consideração os canais de logística, o embalamento ... porque o consumidor está a exigir.
  • A agricultura biológica tem o grande poder de atrair jovens para a atividade agrícola, o que ajuda a resolver um dos problemas que o sector sempre teve, que não é outro senão a renovação das gerações.
  • A falta de matéria orgânica para uma produção biológica é uma realidade.
  • A agricultura biológica tem essencialmente três problemas: os regulamentos, os resíduos e as resistências. Estes são os 3 Rs que devem ser abordados em termos de sanidade.

CONTEÚDOS EXTRAÍDOS DE eCOMERCIO AGRARIO